Brasil registra 125 mortes por covid-19 nas últimas 24h; média móvel é de 325 - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Geral
Brasil registra 125 mortes por covid-19 nas últimas 24h; média móvel é de 325
Reportagem produzida por Estadão Conteúdo

Nas últimas 24 horas, 125 pessoas foram vítimas da covid-19 no Brasil. O País já ultrapassou a marca de 603,3 mil mortos desde o início da pandemia, em março de 2020. Em relação à média móvel semanal, que elimina as distorções entre dias úteis e fim de semana, o número é de 325.

Os Estados do Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Amapá e Ceará não tiveram registros de mortes. Já Tocantins e Mato Grosso do Sul não atualizaram casos e mortes. Os dados são reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa.

As notificações de novos casos da doença em 24 horas ficaram de 5.886. Na soma, o País chegou aos 21.642.194 casos de infecção pela doença desde o início da pandemia. A média móvel de casos nos últimos sete dias é de 9.759. Os dados diários são reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa, que é formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL, em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20 horas.

Os dados do Painel Coronavírus, do Ministério da Saúde, mostram que houve 130 mortes no Brasil, enquanto o número de novos casos em 24 horas ficou em 5.738. São 603.282 mortos no total e 21.644.464 casos até o momento.

O balanço de óbitos e de casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho do ano passado, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.