Hércules Silveira quer garantir Teste do Pezinho ampliado para todas as crianças na rede pública - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Política
Hércules Silveira quer garantir Teste do Pezinho ampliado para todas as crianças na rede pública
Publicado por Redação VitóriaNews
Reprodução

O deputado estadual Hércules Silveira (MDB), que é médico, protocolou um Projeto de Lei para garantir que todas as crianças nascidas na rede hospitalar e demais estabelecimentos de atenção à saúde de gestantes da rede pública do Estado tenham o direito ao teste de triagem neonatal - o Teste do Pezinho - ampliado.

Existem versões ampliadas do exame capazes de detectar uma lista muito maior de patologias, além das seis doenças do teste básico,  no entanto, não estão disponíveis na rede pública de saúde, apenas na rede privada. Com a triagem mais abrangente, a partir da ampliação do rol de exames obrigatórios, muitas doenças letais e raras poderão ser diagnosticadas e tratadas com antecedência. O projeto de lei do deputado, que é presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, é, portanto, um ganho para a saúde dos bebês. 

As versões ampliadas diferem tanto em nomenclatura quanto em número e tipo de doenças investigadas, dependendo de cada laboratório, mas a lista do teste ampliado (ou expandido) pode chegar a 53 patologias identificadas a partir daquela mesma furadinha no pezinho do bebê. Ou seja: mais doenças serão diagnosticadas precocemente, contribuindo para eventuais tratamentos. 

O teste do pezinho ampliado inclui:

a) Fenilcetonúria (PKU);

b) Hipotireoidismo Congênito (TSH e T4);

c) Hemoglobinopatias (Hb);

d) Deficiência de Biotinidase;

e) Fibrose Cística (IRT);

f) Hiperplasia Adrenal Congênita (17OH);

g) Toxoplasmose Congênita;

h) Aminoacidopatias (Análise Qualitativa);

i) Deficiência de G6PD;

j) Galactosemia;

II – Tipagem sanguínea.

III – Teste da orelhinha.

IV – Teste do coraçãozinho.

V – Teste do quadril.

Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.
Notícias Relacionadas