Taumaturgo Ferreira afirma que foi expulso de 'Renascer' - Vitória News
Vitória News
Olá. Detectamos que você está usando o Internet Explorer ou o Edge.

Nosso site é compativel somente com os navegadores Google Chrome, Mozilla Firefox, Safari ou Opera.

Use um desses navegadores caso já tenha instalado em seu dispositivo ou faça o download clicando no botão abaixo. Você será redirecionado para uma página onde poderá escolher o navegador que desejar e ele será baixado diretamente de sua página oficial de forma segura.
Clique aqui para atualizar o seu navegador
Ricos e Famosos
Taumaturgo Ferreira afirma que foi expulso de 'Renascer'
Reportagem produzida por Estadão Conteúdo
Reprodução

Vinte e oito anos depois de integrar o elenco de Renascer, Taumaturgo Ferreira fez um desabafo sobre o boicote que teria sofrido na novela. Ele interpretou o personagem de José Venâncio Inocêncio, o Zé Venâncio, um dos filhos de José Inocêncio e Maria Santa. "Na novela, meu nome vinha por último: Taumaturgo Ferreira como fulano de tal. Mas o personagem não era muito crível e, se o autor não está entusiasmado com você, em escrever para você, não tem jeito. Me tiraram da novela", revelou durante entrevista ao jornal Extra.

Renascer foi escrita por Benedito Ruy Barbosa e foi ao ar em 1993. A novela está disponível para assinantes no Globoplay. Taumaturgo vinha de outras tramas de sucesso na Globo, como Top Model e Araponga. "Comecei a perceber que tinha muita gente com raiva de mim. A gente nunca sabe, mas quando você dá uma tropeçada, aparece sempre alguém para chutar cachorro morto. Nas ruas, eu percebia que as pessoas aprovavam meu trabalho", alegou.

O ator disse que ficou seis anos na "geladeira". "Aquilo refletiu durante muitos anos na minha carreira e percebi que estava cancelado. Foi o caos na minha vida", lamentou. Depois desse período, Taumaturgo se destacou na novela O Cravo e a Rosa e Celebridade. "Ótimo que depois pude dar a volta por cima", disse.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VitóriaNews.